Skip to content

A maternidade não pode te anular como mulher

Ser mãe é a coisa mais preciosa da vida, mas você não pode esquecer que ainda é uma Mulher!

É muito comum entre bate papo de mães, ouvirmos que antes de ser mãe eram mulheres
diferentes e depois da maternidade isso acaba mudando automaticamente.

A verdade é que, parece que não são só as crianças que vem ao mundo, mas uma nova mulher
também.

A maternidade

A maternidade é algo precioso que ocorre na vida de uma mulher!

É fato que para a maioria das mulheres, a gravidez é uma alegria, um novo ciclo. Mas, muitas
mães, também passam por experiências de preocupação, desapontamento, culpa, competição,
frustração e medo, durante o puerpério.

Mas são fases que são superadas, com paciência, dedicação e amor.

A identidade

Muitas mulheres ao se tornarem mães, perdem sua identidade. Esquecem literalmente de si, começam a viver somente o seu lado mãe.

Isso acontece sem muitas perceberem, pois amam tanto os filhos que se esquecem de si. Isso é louvável, mas não é 100% bom!

É necessário ainda existir a mulher, por isso é comum nos deparamos com mães nesta situação “Me tornei mãe e não sei mais meu estilo”.

Que a verdade seja dita, você pode ser uma excelente mãe, mas também pode ser uma excelente mulher!

Você precisa resgatar este amor próprio que foi deixado de lado, e isso não significa que você irá amar menos seu filho, pelo contrário! Você vai cuidar bem de você, ficará uma mulher feliz e equilibrada. E esta paz interior será transmitida ao seu filho.

Desafios enfrentados

No geral, identificamos dois grandes desafios para as mães. Um deles diz respeito ao cuidado consigo mesma  e o outro ao cuidado com o relacionamento do casal, que, normalmente, fica bastante abalado nesse período, por conta de tantas transformações.

E você sabe quais são as resoluções para estes desafios? O diálogo! Com ele você vai poder expor seu anseios e sentimentos, e solicitar ajuda para superá-los.

Voltar a se amar! E identificar uma capacidade que nem você acreditava, é possível ser mãe e ainda continuar sendo mulher!

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.