Skip to content

Ame e cuide do seu corpo para que ele possa se recuperar com saúde após o parto

Engravidar é sinônimo de mudanças no corpo de uma mulher, a marca que esse processo deixa também tem a ver com o enriquecimento pessoal e aceitação do próprio corpo. Lógico que existem cuidados que devem ser tomados pós-parto para que o corpo passe por tudo isso da forma mais saudável possível e se recupere com sucesso.

Com o nascimento do bebê é normal que a nova mamãe perca uns quilos, pois a amamentação emagrece. Além disso, incentiva a liberação de oxitocina, que estimula a contração do útero, que faz com que ele volte ao tamanho normal em até seis semanas. Mas tenha sempre em mente que é preciso ter uma alimentação saudável e que ajude na produção do leite.

Invista em uma dieta balanceada, rica em alimentos com fibras, coma verduras, legumes e frutas que dão a sensação de saciedade com pouca calorias. Se alimente várias vezes ao dia e fuja dos mitos da alimentação, como comer canjica para aumentar o leite.

Aposte também em massagens que ativam a circulação e que relaxam, isso é uma necessidade para as novas mães. A drenagem linfática, por exemplo, pode ser aplicada de uma forma mais suave assim que chegar da maternidade. Essa técnica estimula o sistema linfático, que é responsável pela eliminação de toxinas e reduz o inchaço. Outra opção é a massagem redutora, que por ser mais vigorosa auxilia no combate da flacidez.

Hidratação é primordial para uma boa recuperação após o parto

Tome em torno de três litros de água por dia, pois o corpo precisa de matéria-prima para produzir leite. Além disso, a água estimula o bom funcionamento dos rins e acelera a eliminação dos líquidos que estão retidos pelo corpo.

E assim que o médico der o aval, movimente-se. As atividades físicas leves podem começar duas ou três semanas depois de um parto normal, e de quatro a seis semanas para quem fez cesárea. Fazer caminhadas com o bebê no carrinho ajuda na relação mãe e filho e na recuperação do corpo. Para quem fez a cesárea o esforço abdominal deve ser evitado nos primeiros três meses, por isso opte por exercícios de baixo impacto ou atividades na água.

Procure atividades que relaxam para que o estresse seja reduzido. Nessa etapa o cansaço é grande e as noites de sono podem não ser tranquilas, por isso tente relaxar, pois o estresse estimula a produção do hormônio cortisol, que aumenta a retenção de água e dificulta a metabolização das gorduras.

E se está cansada demais para tentar qualquer coisa, não desista! Esse período é de adaptações e estar disposta não é regra. Procure se organizar, sempre que puder, tenha um tempo para você. Peça para alguém lhe ajudar a preparar um prato pouco calórico e delicioso, ou que fique com o bebê para que possa se exercitar, nem que seja 15 minutos por dia. Mas antes de tudo, ame seu novo corpo, aprenda a aceitar sua nova vida, e lembre-se: tudo é um processo.

One Comment

  1. Olá! A meditação tem me ajudo muito a relaxar e manter a calma no período pós parto. É uma prática que traz diversos benefícios para a saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.