Skip to content

Aprende mais quem se fecha menos por preconceito

Tenho amigo que gosta de ser amiga, amiga que gosta de ser amigo…
Tenho amiga que gosta de mudar a cor do cabelo uma vez por semana e se acordar com vontade de se tatuar, ela tatua…
Tenho amigos donos de empresas e lojas conceituadas que não olham o mundo por cima…
Tenho casais de amigos que já são pais, mas que não abrem mão do hardcore lifestyle e são lindos…
Tenho amigas gordinhas lindas que se aceitam em sua condição por problemas de saúde mas se cuidam e vivem felizes…
Tenho amigas gostosonas que malham, ralam forte na vida fitness e ajudam as pessoas no que podem pra se amarem também…
Tenho amigos tão nerds que são capazes de dar aulas de HQ, games, programação e medievalismo…
Tenho amigos fotógrafos que traduzem sentimentos, beleza e até tesão em imagens…
Tenho amigos e amigas escritores que em poucas linhas te fazem rir, chorar ou pensar…
Tenho amigos jovens e despreocupados que não ligam muito para as coisas mas estão lá pra mim.
Tenho amigos mais velhos focados, centrados, trabalhadores que também estão lá pra mim…
Tenho amigos que me amam um pouco mais, mas respeitam minhas escolhas…

Sabe o que a maioria tem em comum? Assuntos que não giram em torno do que os outros vestem, como se comportam, se relacionam.

Captaram? O meu mundo e o deles se conectam por assuntos mais legais do que rir ou criticar alguém que não consideramos “normais”.

E é por isso que nossos mundos conectados formam um universo amplo… E não um mundinho fechado por intrigas juvenis causada por pseudo “adultos”.

Aprende mais quem se fecha menos por preconceito.
É o que eu acho…

====================================================================

Texto da lindona @nerdeliciouss

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.