Skip to content

Traí e me envolvi

Hoje relembrei uma história minha de anos atrás, praticamente um déjà vu. Estava namorando uma pessoa e gostava muito dela, rolava muito sentimento entre a gente e tínhamos muita sintonia.
Tinha dois anos de namoro e fidelidade total (da minha parte pelo menos e da dele até onde eu saiba). Vivíamos juntos, fazíamos tudo a dois

Mas ele mudou de cidade e foi aí que tudo aconteceu. Uma história de traição, sexo e paixão.

Interessante como mudei quando estava sozinha…senti a liberdade (como se não tivesse ao lado de quem eu amava). Mas supervalorizei esse lance de estar livre. Virei baladeira, ia para todas as festas que apareciam, saía todo dia, mas continuava fiel.

Mas um dia numa desssas festas, encontrei com uma pessoa e rolou uma química incrível. E sem pensar em nada, rolou um beijo. Detalhe: estava numa festa onde todos os amigos em comum com meu namorado estavam. Mas a química falou mais alto. Traí.

Ali mesmo na festa percebi que não íamos ficar nos beijos, rolou uma dança muito sensual, onde eu fiquei de costas para ele e dançamos uma funk melody (delíciaaa). Eu rebolando e ele colado em mim. Já não ligava mais para nada, somente para aquele corpo atrás de mim e pelo que me esperava após a festa.

E rolou uma noite de sexo gostoso…sem vergonha, sem pudores. Sexo por sexo. Prazer por prazer. Ele é na cama como eu espero e desejo que um homem seja. Perfeito. Selvagem e carinhoso ao mesmo tempo.

Mas tinha o dia seguinte. Não era um sonho nem uma fantasia. Eu traí. E agora? Acordei pensativa…Pensativa no que fiz? Com remorso?

Não! Acordei apaixonada! E ele também. E foi aí que tudo ficou confuso. O que eu iria fazer?

Queria ele. Ele me queria. E vivi isso intensamente (acho que só vale a pena se for intensamente).

Alguns amigos em comum nos ajudaram a manter esse romance, nos encontramos durante um mês todos os dias, utilizei as mais diversas estratégias para encontrá-lo, para estar em seus braços.

E não mais atendia os telefones do namorado, não ligava mais para ele. Estava apaixonada por outro. Foi quando recebi uma ligação dele dizendo: Tô chegando aí amanhã! Fiquei atônita. E agora? Percebi que tinha chegado o momento de decidir.

Mais uma vez usei uma estratégia para marcar um encontro com meu “amante” e ele disse: chegou o momento de decisão!!!!

O que vocês acham que fiz?

Dizem que mulher só trai quando está envolvida…Será isso apenas um mito?

Imagem do post: Guilherme Pereira

5 Comments

  1. Fabiana Moreira Fabiana Moreira

    concordo com a Érica… mesmo que a mulher consiga trair por trair (o que é difícil), é muito provável que ela se envolva rapidamente, o perigo seduz.

    bjos

    http://www.verdadedeslavada.blogspot.com

  2. Thiago Thiago

    MITO TOTAL… isso antigamente podia ate ser no "mundo moderno" de hoje as mulheres se n estão iguais estão piores, o que vc fez foi carência e ao msm um puta de uma traição… na minha opinião vc não amava o seu ex vc gostava dele mas não fale que o amava!

  3. Judas, o Carioca Judas, o Carioca

    Sabe que não sei. Tinha essa história minha com uma garota que começou entre um dos términos dela. Porém os dois voltaram, e de certa forma continuamos a ficar… e ainda mais intenso que antes. Mas adivinhem só…. quando ela terminou com o cara, correu atrás de mim durante uns dias e depois decidiu que não quer mais. Fiquei me achando a fuga dela para os problemas com o ex. Comecei até a achar que ela fazia sexo comigo por raiva do cara…rs. Se empenhava tanto, haha

  4. Blog Normal, mas nem tanto... Blog Normal, mas nem tanto...

    Não é um mito.

    À princípio, pode ser "tudo", mas…. Se há continuidade, HÁ ENVOLVIMENTO!
    Se não nos envolvemos, não damos continuidade…
    Pelo menos é assim com a maioria…

    E então, o quê vc resolveu? Rs

  5. Mulher de 40 Mulher de 40

    Falou comigo? Hehehe… estou vivendo uma coisa parecida, mas que já começou com a promessa de que não haveria envolvimento, apenas sexo e amizade. É bem difícil, há uma mistura de sentimentos, há uma história que já dura 20 anos e sempre volta… e há o lado família, que também tem sua voz… sinuca. Que mesmo vc fez? BJS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.