Skip to content

Vilã? Eu?

vilã

Vilã parece ser uma palavra muito forte, mas se analisarmos, todas podemos ser vilãs. Às vezes com uma brincadeira de má vontade, quando você deixa de atender uma ligação, deixa alguém esperando, se expressa de maneira errada, essas atitudes afetaram alguém de certa forma, negativamente. Mesmo sem querer, você já foi ingrata, insensível e vilã na vida de alguém.

A vida possui altos e baixos, assim como acontecem coisas boas, acontecem coisas ruins, se um relacionamento começa, um antigo terminou. Não significa que quando as coisas estão favoráveis à você, para os outros também estão. Você já deu muitos foras, já deixou de ver alguns amigos, já deixou de responder mensagens, e-mails, quem foi alvo dessas atitudes, formou uma imagem sua de vilã.

Agir prejudicando os outros (muitas vezes sem querer) não significa que você é mau-caráter, a questão é que nem sempre somos os mocinhos na história da nossa vida. Por isso não podemos generalizar o conceito de vilã/vilão. Talvez quando alguém te magoou, não era algo pessoal, lembre-se se você já fez algo parecido para alguém e coloque-se no lugar.vilã

O lobo-mau pode trocar de lugar com o príncipe, dependendo do ponto de vista. O vilão pode ser apenas temporário. Os vilões, assim como os mocinhos, estão presentes ao longo de toda a nossa vida, o que nos resta é escolher com quem queremos lidar. E é importante também saber como você está agindo, se está sendo má com alguém, se sua vilã temporária está entrando em ação. Só cuide para que isso não atrapalhe no seu relacionamento com outras pessoas e com si mesmo, mas ser vilã de vez em quando é normal e nem sempre intencional.

2 Comments

  1. Andréa Schechtel Andréa Schechtel

    Vilã, sim! Do mal, nunca!

  2. Rafaela Chivalski Rafaela Chivalski

    Eu sou muito vilã…huauahua

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.