Skip to content

Sexo é importante em um relacionamento?

amor e relacionamentoBom, preparem-se para um caso polêmico. Creio que a maioria desejará atirar pedras em mim, mas ainda bem que estou falando através de um site e não em um púlpito em praça pública. Hehehe!

Um amigo de longas datas veio me pedir um conselho esta semana e eu fiquei pensando por um bom tempo antes de responder. Acho que ele veio mais desabafar do que pedir conselho, pois sabe que geralmente não julgo os atos alheios… Mas dessa vez quis opinar porque ele estava realmente desesperado, sem saber o que fazer.

Achei legal ele ter cogitado em agir como a maioria dos homens e por isso eu não quis jogar logo uma opinião clichê e dizer que se ele fosse em frente, seria mais um cabra safado no mundo.

Vamos à situação para que vocês entendam, pensem e me digam o que acham. O amigo, ator principal da situação desta semana, tem uma namorada… Há alguns anos, acho que uns três, tem um relacionamento com a tal menina. Segundo relato, eles se amam, um completa o outro em QUASE tudo, da parte dele, nunca houve traição, nem uma vontadezinha passou pela cabeça dele.

Relacionamento perfeito, não? Não. “Por que?”, perguntam-me as leitoras, super curiosas. Bom, digamos que ele é um homem que não gosta muito de limites no que se refere a sexo. Ela, por outro lado, não faz, nem sequer experimenta NADA que não seja o velho “feijão com arroz”.

diagrama-dos-relacionamentos

Não sei se me fiz entender, mas quando digo que é o básico, é beijo na boca, carinho e chegam aos “finalmentes”. Oral? Jamais. Nem ele, nem ela. Anal, então, nunca no Brasil.

Cada um tem sua personalidade na cama, seu jeito e seus gostos, mas o problema é que ele está se vendo extremamente frustrado, já tentou de todas as maneiras… Pediu, conversou, tentou estimular, com bebida, sem bebida, enfim, todos os argumentos foram utilizados.

Se fosse com vocês, o que fariam? Acham que isso seria um motivo para se terminar um relacionamento? Eu cheguei a dizer isso pra ele. “Se o problema agora é tolerável, quando vocês casarem, como será? Toda vez que vocês forem partir para o assunto, na teoria ou na prática, ambos se sentirão frustrados. Ela, por saber que o bê-a-bá não o satisfaz e você, pelo mesmo motivo que agora, só que muito mais evidenciado”.

Não está nos planos dele terminar, disse que a ama e não se vê com outra mulher. A solução desesperada, porém, na sua visão, a única saída, foi ter uma relação sexual, pelo menos uma vez, para que essa fixação saísse da sua cabeça e ele pudesse aguentar mais um bom tempo sem ter que pressionar a sua namorada.

Visto de maneira superficial, é como eu disse no começo do texto… Ele a trairia, como tantos e tantos homens fazem, ao invés de tentarem uma conversa com sua parceira para que as coisas fiquem legais e ele não “precise” ter interesse em mulheres de fora. Mas se ele já tentou de TUDO, a ama, ela diz que o ama, mas que não gosta e não se sente à vontade DE FORMA ALGUMA, o que fazer?

Sinceramente, não acho que ele esteja pensando em trair por pura sacanagem, por maldade e que está se equiparando, por isso, aos outros homens. Sabe-se que o sexo é parte fundamental em um relacionamento e que a quantidade de casais frustrados que não tentam resolver de maneira civilizada esta situação, partindo os homens para a traição desgovernada e as mulheres, a maioria, para a aceitação de uma vida de sexo morno e obrigatório é imensa.

Ah, esqueci de mencionar algo que ela o falou e que pode fazer toda a diferença no veredicto final do público leitor. Em uma de suas conversas sobre este PROBLEMA, ela disse que sexo anal era algo totalmente fora de cogitação e, se pra ele era algo tão importante, se ele fizesse com “outra” mulher na “rua”, ela entenderia. Creio que ela não gostará de saber do fato em si, mas ela, a partir de então, sabe da possibilidade de ser “traída”. Sim, entre aspas, porque pra mim traição é algo que se faz quando o parceiro não SABE ou não ESPERA tal atitude. Nesse caso, ela está ciente e entenderá, caso ele “pule a cerca”.

Em suma, se essa “escapulida” acontecer, “salvará” um relacionamento. Não estou dizendo que seria o meu posicionamento diante de uma situação assim ou que se eu fosse a namorada, aceitaria isso. Acredito que eu mesma terminaria para que ele ficasse “livre” para ter o sexo ideal com quem quisesse, CASO realmente testar outras coisas fosse algo insuportável pra mim.

Mas, se nenhum dos dois tem em mente um fim, por que não fazer algo que venha a ser a solução para que continuem juntos? Não é uma certeza, mas uma tentativa. Ambos correm o risco de se perderem da mesma maneira, pois a partir do momento em que ele se “abre” pra outras possibilidades lá fora, não há tanta garantia de que não se apegue.

Bom, podem comentar, sugerir, etc. Este espaço é de vocês. Caso alguém tenha passado por algo parecido e quiser dar seu relato, será muito bem vindo.

18 Comments

  1. FUZZY FUZZY

    Só digo uma coisa, mulher que não satisfaz é como beber cerveja sem álcool, uma hora, ele enjoa e vai procurar a que tem álcool.
    MULHERES, não adianta, se não satisfazer o seu homem, outra o fará, e depois não adianta reclamar.

  2. Homem ficar sem sexo ou com sexo de baixa qualidade é que nem mulher de TPM.

    Eu acho que essa relação está fadada ao fracasso, mas, se eles acham que vale a pena tentar, não serei eu a dizer que desistam.

    Cada um tem seu karma pra cumprir, de repente tem alguma coisa nessa relação entre eles que precisa ser revista, não sendo isso necessariamente o sexo.

  3. Meu comentário foi partido… continuando…

    Se ele experimentar algo com outra, creio que ele não vai contar.

    Então, trocando em miúdos, ele não vai fazer algo que não seja tão praticado por aí.

    Não que o certo seja um namoro + traição, mas acontece e nem por isso casamentos acabam…

    Bom, saberei do caso de perto e, se for o caso, comento em outro post.

    Beijos e obrigada pelos comentários!

    🙂

  4. Tenho uma opinião a dar, mesmo sendo eu a autora deste texto…

    Vocês já pensaram na quantidade de relacionamentos hipócritas que vemos e que duram desta maneira a vida inteira?

    Eu conheço casais de 28 anos de pura traição.

    Ou seja, a diferença entre o caso dos que traem é que um dos lados não sabe… ou nenhum sabe.

    Creio que SE ele vier a experimentar algo com outra mulher

  5. Suelen Suelen

    Olá, é a primeira vez que visito o blog, e vou comentar pois este realmente é um assunto que dá o que falar hein? (hehe)
    Então, eu acredito que o sexo não é apenas importante, mas representa muito da ligação do casal. Se o sexo é o maior grau de intimidade que um casal apaixonado pode ter, se não há interação, entrega, etc, como poderá ser essa relação bem sucedida? Creio que fazer sexo com outra pessoa não vai resolver jamais o problema, pois isso se tornará corriqueiro e irá sem dúvida levar ao sofrimento de ambos, mais do que se houver a separação. Sem dizer que relacionamento é feito trocas, agente sempre muda alguma coisa pra agradar, mesmo que o outro não solicite, e vice-versa. Se ela não cede nunca, significa que não está disposta a fazê-lo feliz. Claro que cada pessoa é cada pessoa e cada história é única, mas se é pra expor pontos de vista, aí está o meu.
    Acompanharei o blog!
    Bye

  6. Julia Julia

    Bem, acho que se em alguma parte ela não completa ele, então tem coisa errada ai.

    É direito dela não querer fazer certas coisas, mas seria legal da parte dela tentar pra ter certeza do que gosta ou não. As vezes, a postura dela reflete muito da educação e da convivencia que ela teve com o assunto.

    Agora, colocar outra pessoa no relacionamento é dar sentença de morte. A não ser que seja claramente um relacionamento aberto e que as duas partes já tivessem começado assim, não importa se ele ou ela ‘tem justificativa’ pra sair transando com outras pessoas, isso é um baque, é um declaração de que a pessoa não é suficiente pra outra.

    E ela pode ter dito isso, mas uma coisa é se dizer e outra viver a situação, sentir mesmo na pele qualé que é.

    E tem mais, ninguém tem obrigação nenhuma, principalmente a mulher, de ficar realizando fantasias sexuais de ninguém.

    Não estou falando que é o caso do seu amigo, mas vejo muitos homens reclamando que suas respectivas não fazem anal, não o chupam ou deixam eles gozarem na boca, mas os mesmos se arrepiam só de ouvirem sobre um fio terra ou alguma coisa parecida. Se você quer flexibilidade, tem que estar disposto a ela.

  7. […] Sexo é importante em um relacionamento?, Mulherzinhas Essa é a nova Ferrari, Lolhehehe Share/Bookmark Categories: Dicas do Marzano, Geral, Links […]

  8. Corina Corina

    Eu acho que isso vai ser pior, pois ele vai eventualmente perder o interesse nela, já que o sexo com outras satisfaz mais ele.
    logo, isso pode ser o fim do relacionamento deles. [2]

    E nessa de querer fazer oral em outra, ele ainda corre o risco de pegar uma dst.

  9. Verdade Felipe,

    Quando se trata de ‘mudar’ alguém a chance geralmente é bemmmm pequena.

  10. @dompedroca @dompedroca

    Não dá certo! Nos classificados dos jornais da minha cidade, aparecem anúncios de encontros, nos quais as ‘ acompanhantes’ publicam, além dos seus dotes físicos, a palavra mágica:’COMPLETINHA”! Ou seja: sai caro manter um relacionamento com limites e andar com um jornal debaixo do braço, sabendo q pagará R$100,00 a hora!

  11. Felipe Felipe

    Sim, sexo é importante num relacionamento.

    E, talvez uma solução seja ele procurar despertar o interesse da namorada, de formas mais alternativas possíveis, quem sabe a estimulando a sentir a necessidade dele(e das coisas que ele quer fazer com ela) de alguma maneira, sem que seja uma reinvindicação objetiva da parte dele. Isso pode requerer mudanças na personalidade dela, o que pode ser muito difícil de alcançar.

  12. Homem Homem

    É… complicado. Passo mais ou menos pela mesma situação com a minha namorada. A amo muito e nunca pensei em trair, já estamos há mais ou menos 2 anos juntos e penso nela sendo a mulher da minha vida. Porém ela é meio fresca (talvez inexperiente) com algumas coisas, como por exemplo, não gostar que eu goze na boca dela. Por mim, nem precisava engolir, pelo menos pra sentir o prazer de gozar na boca, mas ela não gosta. Entretanto, acho que estou amadurecendo algumas idéias nela; essa assim como outras. Sou seu primeiro namorado, tenho muita paciência com esse e outros assuntos e me dedico ao máximo pra deixa-la feliz e satisfeita, tanto com o nosso namoro quanto com o sexo. QUALQUER coisa que ela pedisse pra eu fazer, eu faria, qualquer coisa! Mas também exijo o mesmo em recíproco.

    Enfim, com relação ao assunto do tópico, realmente é complicado, com odisse. Entendo perfeitamente o que ele passa, mas tenho que admitir que esse sentimento acaba. Essa insatisfação uma hora vai ser insuportável e ele não vai mais aguentar. Creio que o amor é como a estrutura de um prédio, se uma das pilastras principais (sexo) for mal feita, por mais tempo que dure, o prédio todo um dia desaba.

  13. Guilherme Guilherme

    Na minha visao ele nao gosta tanto dela assim como fla, eh mais pelo tabu, pelo desejo ou pela dificuldade que o prende a aquilo. E ela tbm ta pedindo chumbo grosso neh.. libera o caminho pra otra? issao vai acaba com o namoro deles como diz no primeiro comentario. Ela tem que ser flexivel.. Se nao eu arrumaria outra x)

  14. @corujo5 @corujo5

    Tá cientìficamente provado, q aquela paixão forte, dura apenas 2 anos e q um casamento, digamos: ‘normal,’tem o prazo de validade de 7 anos! Então, no popular e sem hipocrisia: pra lanchar em casa e fazer um banquete fora, nunca dará certo!

  15. Isto é AMIZADE, com um sexo casual. Ele se sente confortável pela falta de responsabilidade e ela pela falta de compromisso. Não vejo amor nesse relacionamento. Para ambos parece conveniente uma terceira pessoa no circulo para que tudo se complete. É como comer Arroz e Feijão o tempo todo, diante de uma mesa farta. Eu procuraria outra “turma”.

  16. Bom… tb sou meio psicóloga dos meus amigos… sempre escuto e dou minha opinião… mas sempre enfatizo “não é pra fazer o que eu faria, faça o que vc acha que deve ser feito!”

    Esse caso é meio complicado, pois ela não o satisfaz sexualmente, mesmo assim ele a ama. Mas pra mim amor é o tempo, convivência, amizade, cumplicidade, respeito e claro o sexo!!! Será que ele vai aguentar isso durante tanto tempo??? Se eles casarem, eles irão aguentar isso até o fim do dias de cada um???? Acho que casamento é complemento… e nesse caso não vejo isso!!! Eles devem rever os conceitos (principalmente ela, que pode ter algum problema, sei lá…). Deviam procurar ajuda profissional, sexólogo, psicólogo… algo do tipo… isso se eles realmente querem ficar juntos…
    Pq eu não aceitaria que meu namorado/marido procurasse algo na rua se não tem em casa…
    Eita… como sempre escrevi demais, mas acho que é isso!!!

  17. Mi Mi

    eu acho que isso vai ser pior, pois ele vai eventualmente perder o interesse nela, já que o sexo com outras satisfaz mais ele.
    logo, isso pode ser o fim do relacionamento deles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.