Skip to content

Machismo, não!

Mulher que sai a noite não presta, mulher com filho não presta,
mulher que ri não presta.
Amigo, casa com a sua mãe!
Opa, é puta também.

Não entendeu a frase ali de cima? Explico: trata-se de um tweet publicado na última quarta-feira. A @ em questão – um espécime que gosta de ser tratado por “machão” – mencionou mulheres solteiras com filhos. O resto… Bem, o resto ficou claro, não é?

Não satisfeito em dizer explicitamente que moças com filhos são fáceis, o Sr. Macho destilou seu veneno por toda a tarde de quarta com frases sobre “como identificar uma biscate” e delicadezas do gênero.

É claro que como tantos perfis espalhados por essa internet sem era nem beira, o moçoilo rebateu as críticas alegando que estava só brincando. O problema crianças, é que nossas avós já alertavam: toda brincadeira tem um fundo de verdade.

Aliás, no tempo de nossas avós, muitas mães solteiras sofreram críticas severíssimas para que hoje em dia tivéssemos um pouco mais de liberdade. Na época de nossas mães, garotas encararam olhares de reprovação por causa de uma saia com dois dedos a menos que o padrão. Não é possível que hoje em dia, tenhamos que dar a cara a tapa simplesmente porque somos independentes.

Não estou aqui para levantar a bandeira do feminismo, longe de mim. Argumento simplesmente que espero sentar num bar com minhas amigas e beber cerveja sem que isso me rotule como “vadia”. Quero dizer que me sinto igual a qualquer homem e que se estiver a fim de um cara, o fato de demonstrar meu interesse não significa que eu seja “vagabunda”. Insisto, principalmente, que ser mãe solteira – EM PLENO 2012 – não dá aos machões o direito de pensarem que me comerão no carro.

Ainda não tenho filhos e quando tiver, espero criá-los com a consciência de que sexo e responsabilidade tem o mesmo peso e a mesma medida para homens, mulheres, sapos, rãs e pererecas (leia-se uma pequena ironia nesse parágrafo).

Há comportamentos inaceitáveis para qualquer um dos sexos. Críticas esdrúxulas como a do senhor machão, por exemplo.

 

Colunista de hoje:

FlahIIFlah Queiroz – Branca de Neve que adora um blush. Bela Adormecida com insônia. Cinderela que não abandonaria o sapato predileto. Bela com vocação para Fera. Chapeuzinho chegada em lobo mau. Viciada em finais felizes e avessa ao sentido literal das coisas. Como diria a melhor amiga: Nem mulherzinha, nem mulherão… Mulher sem medida. Quase-publicitária, quase-escritora, quase-romântica, quase-bonita… Obstinada por inteiro. Blog: Relicário. Twitter: @flahqueiroz

10 Comments

  1. Gil Gil

    Esse tipo de “homem” mata e morre por essas “vadias”… Com certeza uma mulher bem resolvida deu o fora nele e aí resolveu esculhambar geral…. meninas.. atenção redobrada na balada, pois caras assim merecem ficar só nos 5 dedos pra sempre…

  2. Akatsu Akatsu

    Só porque eu humilhei as mulheres que se dizem “independentes” (VADIAS), tiraram meu comentário né. Não aguentou a verdade. É foda.

  3. Kah Kah

    Perfeito posto :O

  4. ah bom,postar palhaçada anonimo é mole hein amigao

  5. Anônimo, admiro sua coragem! Você vem falar porcarias aqui e nem conseguiu se identificar!
    Mas então, você está dizendo que a Flávia fêmea-macho SÓ porque ela não gostou de um comentário feito por twitter?
    Ah, por isso que eu digo que vou virar lésbica! A mente dos homens, em 99,999% dos casos, é MUITO limitada, é século XVI! Eu fico realmente triste de ver casos assim…

  6. Alguem Alguem

    Possivelmente essa Flavia…é deixada de lado na balada….se arruma toda, sae a noite pra poder arrumar um marido mas como se encaixa em todas as descriçoes do Sr. Macho, ai se doeu, chorou se viu inteiramente…. coitadas…vc’s mulheres tem um sonho de ter o cara perfeito, mas esquecem de ser uma mulher real, verdadeira, sem frescura…..se liguem mulheres…sejam mulheres e nao femea-macho(mulher querendo ser mulher com atitudes de homens)…

  7. Nossa, que papel ridiculo desse cara,,,pfff

  8. Sabe o que é realmente pior? A maioria dos homens pensam realmente assim, talvez não escancarem esse pensamento, mas age de acordo com ele. Tenho amigas mães solteiras e sei bem o que elas passam. Não tenho filhos, mas sou mulher.
    O engraçado é que os tempos mudaram mas algumas regras continuam as mesmas e o meu desejo de mandar esses fdps td irem e essas regrinhas idiotas se ferrar só cresce.

    Seria cômico se não fosse o ápice da hipocrisia.
    Mas como dizia minha vó, o tempo trata de vingar. Puxemos uma cadeira, esperemos esses imbecis terem filhas e aguardemos a visualização desses “machões” pagando língua.
    E olha, meu amor, se tem algo que não perdoa é o tempo, e ele sempre age melhor do que imaginamos.

  9. Existem certos exageros e generalizações que deveriam ser banidos da categoria “humor”. Depreciar uma mulher pelo fato dela ser mãe solteira, ou ter uma liberdade totalmente cabível, por exemplo. E como sempre digo: “machistas? Prefiro que fiquem no zoológico.”
    Um beijo para a autora, que expressa opinião de uma maneira peculiar e fantástica.

  10. Realmente estes seres em pleno século XXI acharem que tem o direito de dar a “receita da boa mulher” é um saco. Só não entendi pq d longe d vc levantar a bandeira do feminismo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.