Skip to content

Conto Sem Fadas

…Porque o Século XXI pede um novo tipo de mocinha…

‘Romeu, você sabe que te quero bem…Mas sua distância me consome e seu ciúme me aprisiona. Um tempo, vamos dar um tempo.Beijo, Julieta.’

Era uma vez uma menina delicada que preferia o bandido ao mocinho. O príncipe vivia preocupado com o topete enquanto cavalgava no cavalo branco. Já o bandido, não estava nem aí e saía em disparada no cavalo mais veloz que pudesse enconlobo mautrar. O mocinho era babão e enfadonho, e só a fazia feliz no final. Ela queria ser feliz agora. No máximo daqui a pouquinho. Queria emoção, reboliço, estardalhaço. E o príncipe combinava com pasmaceira. Por isso gostava do bandido: ele deixava a barba por fazer, arranhava. Usava palavras lascivas, não fazia questão de agradar.

Tanto fez que um dia conquistou o mau elemento. Apaixonado, o bandido já não usava os modos costumeiros. Trazia flores, escrevia poesia rimada, usava gel. A mocinha agora o tinha nas mãos. Incorfomada, roubou o primeiro cavalo que conseguiu encontrar. Despreocupada com o penteado, fugiu sem olhar para trás.

6 Comments

  1. […] Vamos acompanhar #Twitterensina – Qual a diferença entre um homem bebado e uma mulher bebada Contos sem fadas. [texto] Entre tapas e beijos. [tirinha + texto] FAP FAP para os homens – Corra Mary […]

  2. Grosseirão Grosseirão

    Em que lixo se tranformou o lindo amo!

    Otimo texto.

  3. Grosseirão Grosseirão

    Conclusão: vocês mulheres preferem os que não prestam, compactuam com o crime e o mau-caratismo, premiam os imprestáveis e contribuem para termos um mundo pior.

    Quando conquistam um bandido e o transformam em um cidadão de bem, imediatamente se desinteressam, donde se depreende que, ser quisermos ser amados por vocês, temos que ser eternamente irresponsáveis, levianos, fúteis, superficiais, medíocres, cafajestes, inconsequentes, inescrupulosos, desonestos, hedonistas, egoístas etc. É a tríade sinistra apontada por Peter Johnason e David Schmitt.

    Vossa predileção por lixos humanos transformaram o amor numa merda.

  4. Ai que delícia! Tudo o que a mulher moderna é atualmente, decidida! Adorei! rs

  5. Coitado do bandido… po

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.