Skip to content

6 infortúnios femininos

Primeiramente, quero parabenizar todas as mulheres, essas lindas, pelo Dia Internacional da Mulher. 2013, as mulheres já conquistaram seu lugar no mundo, e tudo isso de salto alto! Nem dá pra acreditar que no século 20, havia toda uma sociedade contra os direitos das mulheres. Apesar das vitórias, listo aqui algumas situações complicadas que nos deixam chateadíssimas e que nos perseguem pela vida toda:

#ESCOLHER ROUPA

Olhar para o guarda-roupa e não achar nada, quem nunca? “Eu não tenho roooupa”, essa frase é clássica na hora de sair. Você sempre faz compras, mas na hora de se arrumar você nunca vai achar a roupa adequada. O guarda-roupa das amigas parece sempre mais completo.

#UNHA QUEBRADA

Situação extremamente triste par a as mulheres. Não é fácil cuidar das unhas, principalmente quando você tem de lavar louças, roupas, etc. Aí com sacrifício, você deixa crescer, as unhas ficam lindas, mas um belo dia, ops, você sente aquele “clec”, a unha quebrou, aí só resta chorar.

#CÓLICA

Mal das mulheres mesmo. Todo mês, a cólica, essa feia, marca presença. Tem cólica fraca, que até passa, mas tem aquela fatal, que você se remexe na cama, senta, deixa, rola, e nada passa, não há remédio ou chá da avó que resolva. E a cólica representa só mais um carma das mulheres, a menstruação, fazer o que!

#EMAGRECER

Ah, o espelho! A mulher pode estar linda, que ainda não vai se gostar completamente, ela quer emagrecer, quer ficar igual às famosas, para de comer chocolate, começa academia. Mas pra que? Todas as mulheres são lindas, cada uma do seu jeitinho. Sempre há uma característica maravilhosa em você, basta você descobrir e mostrar!

#PASSAR DELINEADOR

Uma tarefa para guerreiras! O problema nem é passar o delineador, mas sim, deixar os dois olhos iguais. Quando você termina o primeiro olho, tá lindo! Mas no outro, você vê que ficou um pouco mais grosso, aí quer consertar o outro lado, e deixa todo ‘cagado’. Acaba que você tira com demaquilante e começa tudo de novo.

#DEPILAÇÃO
Todas as mulheres sofrem esse carma, cera fria ou cera quente, tanto faz, a dor é certa. Ficar bonita com a pele lisinha tem seu preço. E esse carma passa de geração para geração de avós para netas.

Abraços, feliz dia da mulher,

Colunista de hoje:

nicoly

Nicoly – Canceriana de 20 anos. Diretamente de Ponta Grossa (sem trocadilhos), Paraná, acadêmica de Jornalismo. Adora ler suspenses e revistas de moda e curiosidades. É tuiteira assumida, adora fotografar, escrever e ouvir um rock alternativo. Entre calor e frio, fica com o calor, e nunca dispensa um bom capuccino. “Quem não me conhece, que me compre”. Blog: Mas não me diga. Twitter: @nicooly. Facebook: Nicoly França.

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.