Skip to content

Relacionamento x Carreira

O e-mail de hoje conta o dilema que vive uma leitora. Ela sente-se mais realizada profissionalmente do que em questões emocionais. No entanto está com uma pessoa atualmente que pensa totalmente ao contrário do que ela acredita e tem como objetivo. O que fazer neste caso? Levar adiante o namoro, terminar ou manter mais no banho-maria?

“Adoro ser realizada profissionalmente e ser inteligente em minha área. Quero me dedicar mais, sem pensar em filho. Posso ganhar até vinte mil reais, me sinto muito feliz mais do que relacionamento e pensar em namorado. Não penso como meu namorado que fica esperando herança, isso me chateia, acho desocupado e fútil. Mas tem o lado da filha, ela vai me perder em termos, vou trabalhar muito, ver pouco, pagar uma pessoa e ela terá um futuro brilhante, mas sem presença da mãe.

Recebi uma proposta  para mudar de cidade, não muito longe e para ganhar mais que ganho atualmente. Estou pensando mas tenho medo de deixar minha casa, minha vida, minha filha. Foda né?! Pensa como está a minha cabeça =/

Enquanto isso o namorado pensando em herança…Não me vejo desenvolvendo meu cérebro ao lado dele. Ele tem uma vida estável, filhinho de papai, mora bem, os pais ganham bem. O cara é inteligente mas não quer saber de usar isso, já tem mais de 30 anos, fala inglês, fez curso de piloto e nada. Só pensa em trabalhar menos e ganhar mais e não tem foco em nenhuma profissão.

Gosto dele, mas tá foda. Estou pensando em levar o namoro não tão a sério, sem criar expectativas. Tenho orgulho em ser a mulher que sou e preciso de um homem ao meu lado que tenho objetivos.

Gosto da companhia, da diversão, mas nada que machuque o coração, sempre firme. A vida faz dessas coisas…

O que mais pesa sempre é a família, minha filha. Penso melhorar a vida para garantir o futuro dela. Amores vem e vão, filhos são para sempre!!!”

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.