Skip to content

Feche a porta!

Recebi um e-mail com o título: Amores mal resolvidos não permitem uma nova chance. Curti o texto e vou transcrever para vocês…
“Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final. Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver”.
O seu relacionamento acabou? Por quê? Você acha que viveu ele em todas as etapas, início, meio e final? Tem certeza que não deixou nenhuma porta encostada, nenhuma etapa para trás?
Nada é mais perigoso do que sair de um relacionamento e deixar uma porta encostada. Ela não está aberta para você entrar novamente e não está fechada definitivamente para que você consiga seguir sua vida tendo força para abrir novas portas.

Mulherzinhas: Me identifiquei com essa parte, me vejo ‘procurando’ no outro ‘traços’ da pessoa que amei, talvez procurando alguém ‘como’ ele…

Portas encostadas são obras de amores mal resolvidos, que por um ou outro motivo deixaram suas marcas. São como feridas em cicatrização, a dor não é insuportável, mas é constante, incomoda, perturba.

Mulherzinhas: #fato

Uma porta encostada nunca se fechará sozinha, não existe tempo para isso. Para ela se fechar, ela precisa da sua ajuda. Só o seu empurrão pode fechá-la. E para se fechar a porta de um amor mal resolvido, ele tem que ser vivido em sua totalidade. É preciso passar por todas as etapas, atração, paixão, amor, convivência, amizade, brigas e fim. Este trajeto do amor pode ser percorrido em algumas semanas ou durar muito tempo, mas é importante que o ciclo se feche. Caso isso não aconteça, ficarão as fantasias, as idealizações e a persistência, mesmo tendo plena consciência de como essa relação faz mal.

Mulherzinhas: Muitas vezes ainda estamos apaixonados pelo ex, mas não pela pessoa real que ele é, mas pelas fantasias que criamos em nossa mente. Pelo que ‘poderia ter sido’…Pelo ‘e se…’

É o fechamento da porta que libera a gente para ser feliz novamente.

Quando você termina um relacionamento antes do ciclo se completar, você simplesmente deixa inúmeros sentimentos e vontades de lado, como se isso nunca tivesse existido.

Mas como você pode deixar tudo isso de lado?

Não, você não pode. Você pode simplesmente esconder no inconsciente. Assim, na superfície você pode se tornar amoroso, mas lá no fundo o tumulto está escondido. Mais cedo ou mais tarde, em um momento de carência ou dúvida esse sentimento vai se manifestar e você irá sofrer com esses altos e baixos.

Por isso eu digo, um relacionamento não precisa ser eterno, mas ele precisa ser total. A sua totalidade, trás a liberdade de sentimento, que é o mais importante anseio do homem. Consiga tudo, mas se você não for livre, ficará sempre uma dor.

Mulherzinhas: Visualizo bem isso na minha vida, todas as boas lembranças que tenho de relacionamentos passados, são aqueles que vivi intensamente, não importando se por um dia, um mês ou 10 anos…Quando não tive coragem de ir adiante, de me entregar, são as lembranças do ‘e se’ que me acompanham…O talvez, o quem sabe, são entraves para se fechar uma porta.

Se você “deve algo” ao seu antigo namorado, marido, caso, dedique um tempo a resolver isso. Nunca “esteja em débito” com algo que lhe faz mal. Coloque um fim, e bata essa porta definitivamente.
Não viva tentando se enganar, mentindo para você mesmo. Aquele que mente, vive em mentiras e atrai mentiras. E as pessoas só conseguem estar conectadas com a existência através da verdade.

Não existe nada de errado em assumir a sua verdade, em assumir que o seu relacionamento deixou marcas que precisam ser resolvidas.

Não deixe que o ego fale mais alto. Você sabe que o sentimento existe, que a porta está encostada.

Mulherzinhas: O orgulho! Esse é um dos maiores inimigos dos relacionamentos. E vivo muito bem isso de perto…Muitas vezes minto para tentar fugir (falo especificamente de um relacionamento que já acabou há anos).

Na maioria das vezes você não precisa nem estar junto da pessoa para fechar essa porta, basta assumir, encarar, falar dos seus sentimentos.

Mulherzinhas:Escuto sempre meus amigos falarem o quanto sou fechada para falar de mim. Brinco com a situação e sigo adiante. E não fecho a porta…

Você só precisa assumir que está neste estado temporariamente, e logo ele mudará, basta você perder o medo de falar dele, de pensar nele. Não trate isso como um segredo. Trate isso como um compromisso que precisa ser resolvido, e não prorogue nem mais 1 dia.

Mulherzinhas: Ou nem mais um ano hehehehe

Desmistifique-o, liberte seus sentimentos, assuma os riscos e seja feliz. Fale das suas dúvidas, dos seus sentimentos com alguém que você confia, eleja um amigo, alguém que realmente goste de você, e se abra. Quanto mais tempo você guardar esse sentimento só para você, mais perdida e sem saída você ficará.

Mulherzinhas:E mais tempo levará para fechar a porta.

A vida é generosa, outras portas se abrirão assim que você fechar essa. E a vida enriquece quem se arrisca. Ela privilegia quem descobre seus segredos. Mas a vida também pode ser dura e cruel. Se você não ultrapassar a porta encostada, terá sempre a mesma porta pela frente.

É a repetição perante a criação, é a estagnação da vida. Entenda de uma vez que as portas não são obstáculos, mas diferentes passagens!

Mulherzinhas: Muitas vezes ficamos presos ao passado temendo um novo sofrimento. Pensamos assim estar nos ‘protegendo’ e muitas vezes deixamos de viver novos sentimentos…

Como gostei, procurei o texto na internet e encontrei no site Minha Vida

7 Comments

  1. […] que separamos é necessário deixar para trás o que passou e fechar a porta (como foi escrito aqui certa vez). Mas parece que a nossa razão sabe bem disso mas ao mesmo tempo […]

  2. Espero q consiga!

  3. Vanessa Vanessa

    É realmente é isso…estou nessa situação e faz 2 anos já, no meu caso, eu terminei e deixei ‘pendências’ e claro me arrependi e achei muito cruel o que fiz com meu ex, nem dei a chance de conversarmos, e ainda não consegui fechar essa porta, e realmente eu não tenho uma nova chance. O mais problema é que sou eu quem tem que fechar essa porta e mais ninguém, é muito mais difícil de fechá-la quando se tem a consciência de que foi você quem errou, e pior ainda não se pode mais voltar atrás, é a primeira vez que eu fico tanto tempo ‘presa’ em alguém, é horrível, não quero passar mais um ano assim…obrigada por postar o texto. O negócio é fechar a porta o quanto antes.
    Beijo meninas, parabéns pelo blog.

  4. rochamdf rochamdf

    Me identifiquei com o textpo, pois passei uma situação parecida. Minha ex me confidenciou que tinha sentido algo forte pelo meu antecessor e que comigo não rolou. Pode ser pq ela ainda não tivesse fechado a porta com ele. Eu senti também que comigo a porta não estava totalmente fechada… Ótimo texto vocês aqui do Mulherzinhascafas só se superando. Beijo pra todas. (Escondido do namorado é claro.)

  5. Frediane Freitas Frediane Freitas

    Não acho que é um texto para mulheres, e sim para pessoas pensam nos relacionamentos, pensam sim em estar feliz para depois estar feliz ao lado de alguém! Ultimamente estou pensando exatamente isso, pensando em tudo que vivi e deixei de viver. Estou cansado de sair de um relacionamento e logo entrar em outro!!
    Estou pensando em fazer igual aquele filme que o rapaz passa 40 dias sem sexo!! vamos ver o que vai dar

  6. Mulherzinhas Mulherzinhas

    Um texto com 'pitaco' de uma mulher…hehehe

  7. Fernando R. Silva Fernando R. Silva

    Bom, vi que parece ser um texto para mulheres. Então sou uma mulher?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.