Skip to content

Nem creche, nem enfermaria. Acho que trabalho na padaria!

Recebi a carta da leitora (e amiga) e confesso que EU RI! Mas analisando o que ela disse, acho que muitas mulheres já passaram por esta situação (infelizmente).

Quando um relacionamento acaba nós sempre analisamos os motivos de não ter dado certo, mas será que o “enquanto estávamos juntos” não foi de certa forma o DAR CERTO deste relacionamento? A gente nunca pensa no fim, certo?

“Se lembra quando a gente
Chegou um dia a acreditar
Que tudo era pra sempre
Sem saber
Que o pra sempre
Sempre acaba…”

O que diz a leitora:

“Dia desses me peguei analisando meus relacionamentos e, comparando com profissões, cheguei a conclusão de que sou padeira: prepara a massa, sofre modelando e deixando tudo da melhor forma possível, aí quando o “pão” cresce, fica lindo e rescendendo, vem outra e leva pra casa! Aff… Nem cuidando de mais velhos, ou “educando” os novinhos a coisa foi diferente… Seria cômico, não fosse o fato de todo o tempo dedicado e da esperança dos sentimentos serem recíprocos. O fato é que quero mudar, URGENTE, de profissão!!! Alguém aí prestes a liberar uma fornada?! ;)”

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.