Skip to content

06 passos para um namoro retrô

Uma simples frase da blogueira Ana do Mulherzinhas no facebook, bastou pra iniciar uma D.R. saudável entre membros da tribo: ” O status NAMORANDO vale muito no mercado feminino!” – e não é?! Homens também reclamaram da dificuldade em se encontrar mulheres dispostas a um relacionamento mais sério…

Quando se fala em relacionamento logo me ocorre a máxima “quem tá fora quer entrar, quem tá dentro quer sair”. O fato é que, hoje em dia, entrar tá complicado!

Perdeu-se o encanto da conquista… a doce agonia da espera do primeiro beijo… não há mais preocupação com o outro. O que me remeteu aos namoros de tempos atrás… quando esperava-se uma oportunidade de aglomeração pra que se pudesse “pegar na mão”!

Não…Não revirem os olhos! Não sou contra a evolução! Amo a tecnologia e acho que é uma grande aliada num mundo onde cada vez mais temos menos tempo de estar frente a frente… Mas, ah que falta faz um bom “namoro retrô”. Aquele onde você se agonia, mas na certeza de que não será dispensada só porque não “pulou com o colchão nas costas” em cima daquele cara lindo que conheceu na balada.

Bem… se você, como eu, sente falta desse romantismo e de toda esta “arte” da conquista vai um passo-a-passo pra dar uma forcinha:

1 – Temos váriassss partes (não só peito e bumbum)… experimente olhar nos olhos enquanto conversa!

2 – Converse!!! Eu não ligo de falar sobre assuntos relevantes e radicalmente “soltar” uma besteira no meio do papo…

3 – Peça o telefone… e ligue!!! Senão pelo lance romântico que seja pra uma amizade…

4 – Seja gentil! Pegue (e pague!) as bebidas, ao invés de jogar a grana na mesa e apontar a direção do bar com um beicinho! (se ela se oferecer, paciência!) Você vai na segunda rodada…

5 – Troque todo o tipo de informação tecnológica (e-mail, celular, redes sociais…) se você estiver messsssmo afim de engatar algo (leia-se: amizade)

6 – Seja sincero, mas principalmente seja educado! Pense no quanto doeu quando te trataram “de qualquer jeito”

Por fim, mas não menos importante, assista ao filme Crepúsculo (sabe pq acho que caiu tanto no gosto jovens e de muitos adultos, inclusive eu?!). Porque não podia haver contato físico!!!! Pois é… a paixão aconteceu pela personalidade, cheiro, pelo roteiro, sei lá… não começou físico!!!

Tá legal! Eu tb não sou assim tãoooooooo retrô… Mas o fato é que a evolução, neste caso, não deu muito certo pra quem tem a essência romântica. O fato é, eu mando sms de bom dia! Eu coloco foto nas redes sociais… Eu vou te fazer uma saladinha e deixar um bilhete se puder…

A modernidade, pra mim, serve de aliada pra manutenção da já tão difícil arte de se relacionar…

Texto da Leitora:

Mychela Lemos – Que é uma mistura de ‘faz tudo’: funcionária pública, entusiasta das redes sociais, trabalha na Rádio Nova FM 94 . Siga no twitter @MymyLemos e também no facebook \o/

7 Comments

  1. S. S.

    Pra ser bem honesta acho ridículo, acho que essas dicas não servem. Sim é fofo ter um cara que seja romântico e com todas as qualidades de um Edward Cullen,mas no fim é são aqueles com ar de cafajeste que toda mulher se atrai. Fato é que o homem tem que ser ele mesmo e ser quer algo serio demonstrar, assim como as mulheres … bons relacionamentos partem de uma boa amizade.

  2. Mychela Lemos Mychela Lemos

    Obrigado a todos… esse foi estréia! hehehe mas foi de coração! Deste meu coração que só quer um amigo/namorado/companheirodebalada! Ufa… será que dá?!

  3. Bárbara Bárbara

    Muito bom o seu texto! Parabéns! 😀

  4. Eide Araújo Eide Araújo

    Adorei o seu texto!

  5. É sempre a mesma história. Reclamam, reclamam, mas estão sempre a procura do “homem” romântico, igual aquele cantado pelo Roberto.

  6. Ah NÃO, CREPÚSCULO NÃO!!!! Por que não pode ser os filmes do Truffaut? Eles são tão cute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.