Skip to content

O perigo dos caras ‘fofos’

“O fofo sofre de um certo don-juanismo, a doença da conquista pelos bons modos e a boa impressão que causa. Aquele que faz a moça ligar para a amiga no dia seguinte e dizer, na euforia, “bicha, num acredito, o que é esse homem, tão sensível, curte literatura, ama o Morrissey…”

O fofo tem sangue frio na sua arquitetura da decepção. O fofo constrói todo um repertório de coincidência de meus livros, meus discos, minhas bandas etc.

Sumir todo mundo some, homem, mulher etc, mas na equação entre promessa e fuga ninguém supera a covardia –sentimental ou sexual- de um um homem dito fofo.”

Esse trecho do texto “O homem fofo é o canalha de fato” nos diz onde realmente está o perigo em se enganar com uma pessoa. Vale a leitura do texto inteiro e vale mais ainda manter a antena ligada e fugir desses fofos (que de fofo não tem nada).

Dica da Kátia Marques.

fofo

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.