Skip to content

Mulheres: fábrica de machistas?

Sou mãe de um menino, não tenho a experiência com menina, mas sempre ouço dizer que ‘nós mães’ somos as responsáveis pela formação machista de nossos filhos. Segundo as pessoas que acreditam nesta teoria, desde bebê incentivamos comportamentos que tornarão estes pimpolhos futuro ‘machos que depreciarão a mulher’. Hum?

Você se arriscaria a dizer quais seriam esses comportamentos? Criar homens como ‘reis’ em casa, sem participação efetiva em tarefas domésticas seria uma? Ou ainda quando escolhemos os brinquedos e brincadeiras para nossos filhos?

Então certa vez li um texto com o título: “Mulheres: fábrica de machistas” onde o autor falava justamente sobre este pensamento (infelizmente não encontrei mais o texto na net). O blog Guia Amoroso escreveu uma postagem sobre o assunto: Machismo é culpa da mulher!

Mas qual seria de fato a contribuição da mulher para o machismo? Não seria muito ‘reducionista’ dizer que somente as mães são ‘culpadas’?

3 Comments

  1. Mulheres sofrem com a dupla jornada de trabalho, são mais suscetíveis à violência, física ou moral, tem, em média, salários menores do que os homens, tem menor participação social, política, histórica, cultura, econômica e científica; só para citar alguns exemplos das discriminações pelas quais as mulheres passam, devido ao machismo.
    Mas, embora tendo sido criado pelo homem, nenhum sistema, como o machismo, mantém-se ativo sem que haja colaboração e conivência da vítima (a mulher) com a estrutura dominante. Sendo assim, mulheres reproduzem o machismo quando, quando mães (seu caso) não incentivam o filho a fazer tarefas doméstica, não os educam para arrumar seu quarto ou fazer a comida, os estimulam a serem irreponsáveis sexualmente, adotando um comportamento de risco, ficando com várias parceiras, separando serviços e atividades como masculinas e adequadas aos homens, por exemplo, mecânica, ao invés de dança; utilizando-se de justificativas para manter comportamentos desiguais como “ele é homem, ele pode”; desvalorizando mulheres que exerçam sua liberadade sexual sem culpas, etc. Estes são os mais comuns, o resto é com você. O ponto válido de sua atitude é que me parece que você está disposta a pensar seus conceitos, mas vai estar disposta a agir para acabar com o machismo também?

  2. 1berto 1berto

    É uma construção social, não é só um lado que é culpado.

  3. Manchester Manchester

    Concordo, mas não tanto!! Antigamente isso era mais comum, mas creio que, nos dias de hoje, não tanto!!

    Eu lembro de uma frase que a minha mãe dizia: “As vizinhas que prendam as suas cabras, pq o meu bode tá a solta!

    Haahahaha Nem um pouco machista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.