Skip to content

Morar com seu namorado, por que não?

Começa 2013 e você pensa: será que já está na hora de morar com meu namorado? Muitas mulheres se perguntam qual o momento ideal para dividir o mesmo teto, afinal este é um passo muito importante quando se trata de relacionamentos. Muitas mulheres quando criança imaginam o dia do casamento, a festa, o vestido branco, entretanto quando crescem muita coisa muda em sua cabeça e passam a acreditar que morar junto é uma das melhores maneiras de realmente conhecer a pessoa que você tem a seu lado.

Porque não conversar com seu namorado e ver se os dois buscam o mesmo? Se nenhum mora sozinho ou se a casa é muito pequena a primeira coisa que precisam fazer é encontrar o cantinho ideal para o casal. Para encontrar onde morar, como imóveis no Rio de Janeiro, por exemplo, que tal fazer uma lista? Coloque nesta: localização, preço do aluguel e condomínio, vagas na garagem, números de quartos e o que mais vocês acharem importante. Isso vale também para outros estados.

Assim que já tiverem o imóvel o dilema será sobre os móveis, afinal os dois trazem muitas coisas na bagagem e nem sempre é possível conciliar tudo no mesmo espaço. O ideal é selecionar o que é mais importante para vocês e tentar adaptar. Caso não seja possível a melhor solução é que cada um escolha uma peça. Se você não abre mão do seu sofá, ele tem pode direito de levar a sua cama. E os demais utensílios que faltarem vocês compram com calma.

Podem também, neste momento, fazer doações do que não usar né? Ou quem sabe um escambo?

Um detalhe muito importante é o banheiro. As mulheres costumam gastar mais tempo neste cantinho da casa e se os dois levantam no mesmo horário isso pode ser motivo para algumas discussões. O  ideal é ter um banheiro para cada um, mas caso não seja possível, podem recorrer a duas pias, que já ajuda bastante ou tentar chegar a um acordo de quem usa primeiro o banheiro (ou como o creme dental será ‘apertado’ rsrsrsrsrs).

O armário também deve ser grande o suficiente para comportar a roupa dos dois, assim evita desentendimentos do tipo: ‘você tem mais espaço livre’. Tomando estes cuidados e alguns mais a experiência de morar juntos apenas contribuirá para uma relação mais unida, aprendendo a respeitar o espaço alheio. Pense todos os momentos felizes que poderão viver juntos e dividi-los com seus amigos e familiares.

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.