Skip to content

Mulheres querem ser tratadas como princesas mas não se comportam como tal

Sabe o que eu acho? Atualmente, os verdadeiros gênios da música estão compondo Sertanejo Universitário e Funk. Eles retratam, nas canções, a mulher como suprassumo da futilidade e objeto sexual, e conseguem fazer com que elas dancem tudo isso com um sorriso no rosto. Agora vai falar metade do que essas músicas falam pra ver se você não apanha…

No fundo, é uma questão de libertação. Algumas pessoas dizem que, o motivo de gostarem tanto de festas a fantasia, é que cada um pode ser o que inconscientemente quer ser. Um grande número de mulheres adora se vestir de personagens comuns ao dia-a-dia, com uma pitada de erotismo. Por exemplo: coelhinha sexy, enfermeira safada, anjinha (ou diabinha). Tipo de vestimenta que elas não utilizariam no cotidiano.

Pode-se aplicar o mesmo raciocínio ao sertanejo universitário e funk. No sertanejo, as letras falam, na sua maioria, de um cara esbanjando dinheiro, e, por esse motivo, as mulheres gostam de ficar por perto dele. No fundo, muita mulher se vislumbra com isso, mas não pode dar na cara. Vamos a um exemplo:

“Desce um combo de red e uma garrafa de tequila

Que hoje eu to pagando pra você e sua amiga

Aí as mina pira, e vai pirar

Quando eu falar que eu sou amigo do neymar,

Que meu cartão é sem limite, hoje o bicho vai pegar

Aí as mina pira, e vai pirar..”

O fato do cara ter dinheiro e comprar bebidas caras, fornecendo o suficiente pra mulher em questão e a amiga dela, faz com que elas se sintam mais atraídas pelo rapaz. Como se não bastasse, ele ainda menciona o fator estrelismo, onde, ser amigo do Neymar, é um ponto positivo quando se trata de conquistar mulheres. Resumindo: futilidade transbordando pela tela do computador.

Outro exemplo é a música do Camaro Amarelo. A canção diz:

“Quando eu passava por você,

Na minha CG você nem me olhava.

Fazia de tudo pra me ver, pra me perceber,

Mas nem me olhava.

Aí veio a herança do meu véio,

E resolveu os meus problemas, minha situação.

E do dia pra noite fiquei rico,

To na grife, to bonito, to andando igual patrão.”

Quando o rapaz não tinha condições financeiras comuns às que essas canções retratam, a mulher não tinha interesse por ele. Foi então que o pai dele morreu, e o dinheiro da herança serviu pra comprar um carro supervalorizado, com o unico objetivo de chamar a atenção das mulheres. Resumindo: mulher interesseira que só quer saber de poder financeiro, e um homem que não tem capacidade pra pegar ninguém sem utilizar de artifícios materiais.

Migrando agora pro funk:

“Ela senta, ela grita

Ela deita, ela chora

Pirocada na xoxota

Ela senta, ela grita

ela deita,ela chora

Pirocada na xoxota

vem,vem,vem me da

vem,vem,vem,vem, me da !!”

Pois é. Todas as músicas são desse estilo. O máximo que tem, é o funkeiro mencionar que “é patrão” (tem dinheiro), e por isso ele vai pegar ainda mais mulher. Fora várias menções, também, a traição. Todas as mulheres dançam, sorrindo, e quando você pergunta porque elas dançam essa letra, elas respondem: “mas ele não ta falando de mim”. Ok.

Não to criticando o trabalho dos artistas. O que eu quero dizer com isso, é a ironia entre as mulheres darem muito valor a esse tipo de música, e reclamar que os homens não as tratam como princesas e que o cavaleiro branco nunca vai chegar. O problema é: os homens tem dificuldade em relacionar mulheres de sainha e decotão, dançando esse tipo de música, a mulheres que valham a pena ter algo mais sério. Não estou julgando nem dizendo que uma coisa tem a ver com a outra, mas é a verdade.

Assim como eu conheço mulher que gosta de sertanejo universitário safada, eu conheço também mulher que é digna de casar. Mas é a minoria. A culpa disso não é dos homens. Se a mulher quer passar uma imagem de que se vale a pena investir, ela tem que balancear. A escolha de dançar música fútil foi dela, então cabe a ela mostrar seu verdadeiro valor. Do contrário? Vai continuar sendo igual a todas as outras num olhar geral. Infelizmente.

O homem percebe a mulher pelas atitudes. Dançar uma canção que diz que ela vai no banheiro cornear o namorado não é uma atitude legal nos olhos do cara. O ritmo da música pode ser divertido, contagiante, mas os homens, uma hora ou outra, ficam com o pé atrás de mulheres que gostam tanto de músicas com essas letras maravilhosas. É preconceito? É. Mas entre todos os outros preconceitos que o mundo já tem, esse é apenas mais um, que cabe a cada indivíduo provar que as coisas não funcionam bem assim.

Vinicius Fleury, 22 anos, escritor do Livro Mecanico.

50 Comments

  1. Maria Maria

    O fato do autor do texto ter admitido que é preconceito não o livra de ser machista e rotulista, como a maioria dos comentários. Machista sim! Pois como sempre a culpa é da mulher! Se o cara trata como princesa é pq a mulher agiu de tal forma, se trata como vagabunda é pq a mulher pediu p ser tratada assim, se o homem faz isso é pq antes a mulher fez aquilo, sempre o pecado inicial é feminino! MACHISTA SIM!!! Vc é livre para escreve oq quiser, mas espero que aprenda a ser menos machista e parar de perpetuar esse tipo de pensamento. Não é pq a sociedade é assim, faz assim, fala assado que devemos concordar e propagar essas pseudos ideologias. Pode ser que a intenção não foi ser machista, ou que só queria falar oq vc observou por ai. Justo seria, mas não é, pois na sua escrita está enrustido esse preconceito de base, de cerne, onde a culpa dos males é sempre da mulher. Da caixa de Pandora, passando pela maçã da Eva e chegando na mini saia da mulher atual!

  2. Diego Diego

    Regina legal, O POST È EXTREMAMENTE MACHISTA. Vc podia desenvolver esta frase? O que você não concorda ou considera lugar comum?

  3. Ana Maria Ana Maria

    Machista não,disse tudo ! Parabéns escritor.

  4. Regina Regina

    Apesar de não gostar desse tipo de música descartável, o post é extremamente machista, cheio de falso moralismo e senso comum.

  5. Josué Veríssimo Josué Veríssimo

    Mandou bem. Querem que os homens cheguem e saibam conversar quando só sabem mostrar que tem peito e bunda.

  6. Infelizmente isso é um problema global, se você pegar as letras dos cantores pop americanos, 80% só fala de dinheiro, fama, poder e é claro… 'mulheres', que vem como consequência do dinheiro e da fama, ou seja, um troféu.
    Geralmente esse publico critica o rock, mas se esquecem que rock não é só uma musiquinha de momento na balada, são musicas que duram gerações e ao contrario de muito lixo sonoro da atualidade, rock tem conteúdo!

  7. William Gontijo William Gontijo

    Renata Flávia da uma lidinha ae

  8. William Gontijo William Gontijo

    Cara tudo verdade isso ae
    concordo

  9. Diego Diego

    E negar isso é hipocrisia e escapismo. Isso é fato!

  10. Diego Diego

    E existe mulher maneira no mundo sim, como escreveu mt bem, é raro. Mas isso vale pros homens em relação as mulheres.
    O caso é que elas já vão desde novinhas ser sacaneadas e só piora tudo. Essa alegria toda tem hora pra acabar, isso nem alegria é, é só escapismo. Se entupir de alcool (eu bebo tb) se drogar (tb mas tem q saber fazer), até perder os sentidos e no dia seguinte não lembrar com quem ou quantos fez o que aonde…

  11. Diego Diego

    E na boa sem moralismo, é experiência que não sou mais moleque. O resultado dessa PUTARIA DA ALEGRIA é que essa meninas chegam aos 27/30 ressentidas e amarguradas, porque vão fazer besteira a torto e a direito, quebrar a cara pracarái, sem falar em doenças venéreas. E aí elas querem “mudar” só que já tão com a cabeça ferrada, chega um cara afim de um “lance legal” vira tudo uma zona. Isso já acontece e se continuar vai piorar.

  12. Diego Diego

    Seguinte Andy galera! na boa MESMO. O problema é falar ISSO É MACHISTA e vamos lá, isso aí de dançar música, vem comer meu cú, gosto de dar pro primeiro que aparecer. ISSO DIGNIFICA A MULHER? ISSO É ATESTADO DE CLASSE E BOM GOSTO?
    Outra coisa o autor contextualizou mt bem: e se for sua namorada, dançando isso na tua frente. E se for seu namorado REBOLANDO e a música: vou comer geral, sou doce e elas me querem, vou comer uma e já volto. Criticar isso seria o que? Machismo? Machismo virou o mesmo que NAZISMO, serve pra definir qualquer coisa. Sei lá, eu acho isso.

  13. Sofia Sofia

    Red e tequila, bebidas caras?? Pra você ver o nível para quem as músicas são dirigidas…
    Pague-me uma garrafa de Macallan ou Dalmore 62, whiskys que custam mais de 50 mil euros, aí eu penso na possibilidade de deixar você beijar a minha bochecha.
    Tem quer muito pobre de espírito, deslumbrado com merda para fazer música com Red Label….aff. Ganha dinheiro mas não tem o refinamento necessário para apurar o gosto, e meio óbvio que só vai pegar biscate mesmo.

  14. Ada Ada

    Os texto não é nem um pouco machista, infelizmente ele retrata a realidade, se uma mulher quer ser respeitada ela tem que se dar ao respeito primeiro.

  15. Legal o pensamento.

    É um bom texto para ler e refletir um pouco.

    abraço

  16. D@ny D@ny

    Decência…. haahaha. Cara eu não sei por que me surpreendo com a hipocrisia das pessoas ainda. Pior que ouvir essas musicas é ler os maravilhosos pensamentos de pessoas “decentes” falando. O otário vai lá pega as “adulteras” e depois bota a boca no trombone. Nossa, realmente essa é um atitude de valor. Mil vezes loucas do que as otárias que acreditam nas histórias da disney. Sempre existe um chinelo velhos pra um pé descalço.
    Parece que sou só eu, andy e aquele cara do futuro.

  17. Kevin Kevin

    Concordo plenamente, gosto é gosto e realmente não se discute, mas consciência, valor e amor próprio vem acima do gosto.
    Nós, homens que queremos algo sério, jamais procuraria mulheres que não sabem se valorizar.
    E realmente gostaria que essa fase ridícula passe e as mulheres aprenda o que é se valorizar.

  18. Zé

    Penso que grande parte das mulheres sentem dificuldade de sair da chamada “zona de conforto” e ir a luta e impor mais respeito a elas, independente das que “não estão nem aí” no mes passado tive que dar parabéns a uma moça que trabalha em um setor que não é o em que trabalho porque ela se impôs não aceitando o tipo de conversa que estava rolando entre os homens e que depreciava as mulheres de um modo geral. Ora, no ambiente de trabalho você não pode se retirar simplesmente do local sem estar sujeita a penalidades. Além do mais, dependendo do tipo de conversa que não tenha nada a ver com o trabalho, pode tirar a sua concentração e gerar eventual erro ou atraso. Se fosse em outro ambiente, talvez valesse o “o incomodado é que se mude”, mas esse não é o caso do ambiente de trabalho, em que você não escolhe com quem vai ter que conviver.

  19. Zé

    Infelizmente algumas canções de péssimo gosto permanecem. Podemos dar o exemplo dos beatles que marcaram época com seu estilo inconfundível mas deixaram também como herança, nada mais,nada menos, do que “Yellow submarine”

  20. Victor Victor

    Texto muito bem escrito. Opinião bem explicada.
    Parabéns!

  21. Lilian L. Lilian L.

    Cheguei até esse blog através de um post no Facebook de cara que sempre coloca frases machistas, falando como as mulheres devem agir, como devem se vestir, mas curiosamente a foto de seu perfil é dele sem camisa.
    Lendo seu texto, chega a ser engraçado e ao mesmo tempo muito triste saber que as mulheres ainda são separadas como para casar x para transar, como se uma mulher que tem uma vida sexual ativa, se veste da maneira que quer e tem opinião própria não são “dignas de respeito”. Meu querido, todos os seres humanos são dignos de respeitos e não precisam fazer algo para o merece-lo. Pense nisso.

  22. Carolzitcha Carolzitcha

    Cada lugar, país, região ,etnia… etc… tem a mulher que merece. As brasileiras estão um esculacho mesmo, mas há de se ver o tipo de homem que temos. Até entendo a crítica do texto, entendo e concordo, mas se vc está atraindo esse tipo p/ vc, então está na hora q vc ver oq está fazendo de errado. Não somos um bando de periguetes num país de “ótimos partidos” (entenda-se ótimo partido um homem bom, honesto, de caráter, ético, esforçado). Não há do que se reclamar, é um karma coletivo, mulheres assim, homens assado, ação e reação, ou vcs acham q merecem mais do q isso? Se julgam q sim, então parem de querer comer todas mulheres q passam na sua frenter e vá buscar uma q valha a pena, falou?

  23. Bia Shizuko Rosa Bia Shizuko Rosa

    Esse post falou td melhor impossivel !

  24. Letícia Letícia

    Primeiro, texto excelente. Segundo, por favor cuidado com os erros gramaticais, os argumentos perdem a força com um “seje, esteje, menas”. Terceiro, confesso que as músicas descritas são terríveis. Mas quem ouvirá Wasting Love do Iron Maiden ou Patience do Guns ou até mesmo Black do Pearl Jam em uma festa? São músicas que não agitam, por mais que sejam lindas. Tudo deve ter o mínimo de bom senso. Danço essa modinha sertaneja e alguns funks em festas mas não os coloco para ouvir. Até há alguns sertanejos com “um certo conteúdo” mas sabemos que são minoria. Outra questão também é a de como dançar, um sertanejo não precisa “encochar” para ser dançado. É tão bonito ver um casal dançando bem. Enfim, saiam do “esquema, escola, cinema, clube, televisão” e abram um pouco suas mentes. Dançar um funk ou um sertanejo em festas não faz ou desfaz o caráter de uma pessoa.

  25. Bruno Bruno

    Infelizmente o que foi dito neste artigo é o que se vê por aí, é muito difícil dar valor para algo sério numa mulher que canta e dança pelos cantos esse tipo de musica.
    Mas como é musica de festa e balada, homem vai pensar em “dar uns pega” de uma noite com uma garota nesse tipo de ambiente (salve exceções) observando pela opinião da maioritária.

  26. Geralmente ouvimos a música mas não nos damos conta do que ela realmente diz.Belo post…

  27. Ronaldo Ronaldo

    A Andy Lima lá em cima não gostou porque o texto “resvalou” nela.
    Texto mais perfeito que este só na Bíblia!

  28. ximah ximah

    cara vc colocou ai que não ta criticando o trabalho dos artistas.
    Cara, uma pessoa que canta essas merdas não podem ser considerados artistas.

  29. Estava comentando isso com uma colega ontem! Partilho da frase do Bial que em certo programa disse "tenho saudades do pudor" acho que há formar melhores de as mulheres serem sensuais com roupas menos curta e menos coladas, e sem dançar dessa forma erotizada! Acho que a liberdade de expressão já atingiu um patamar muito alto, já está na hora de parar um pouco!

  30. QUER CONHECER A VERDADEIRA FACE DAS MULHERES? DESMASCARÁ-LAS E DESCOBRIR QUE O MUNDO QUE VOCÊ VIVE É PURA ENGANAÇÃO?

    ACESSE: detonandoamatrix.files.wordpress.com

  31. Rodrigo Rodrigo

    Aí, Andy Lima! Se tu não se enquadra no perfil de mulher fútil, pq achou o conteúdo machista e de mal gosto? …Será que a resposta é pq tu se enquadra no perfil e não quer assumir a responsabilidade?
    A minoria das mulheres decentes estão perdidas nesse mundo caótico. Tem que saber escolher um caminho certo para poder encontra-las. Essa sim pode pedir para ser bem cuidada como princesa, ao contrário das que querem e não sabem se dar o devido valor.
    E mais uma coisa:
    – Roupas realmente definem as pessoas. Quer ser sexy? Pq não faz isso somente para quem você ama? Sair com minisaia e a polpa aparecendo é o mesmo que estou a venda (ou de graça).
    Decência é uma palavra pouco utilizada nos dias de hoje. Sem isso a coisa vira mundana.

  32. a coisa ta tao redicula se vc nao tem dinheiro carro bom nao aruma nada se tiver tudo isso e ainda curtir lixo de musica funk e sertanejo vc fica rodeado de mulher mesmo sendo o mais feio juntando tudo isso fica o maior gato

  33. Ótimo o post! Compartilho a mesma opinião, só não concordo com a parte em que você diz que os compositores de funk são artistas.

  34. Lebron Lebron

    só li fatos, a mulher faz o que quer e colhe o que plantou. Gosto é gosto, não machismo, os homens não gostam de mulheres assim, pelo menos não para algo a mais.

  35. BRENO BRENO

    MUITA, MAIS MUITA VERDADE, VEJO MUITA “MOÇINHA” POR AI RECLAMANDO QUE NÃO ACHA HOMENS BONS E TALS, QUE ELES TRATAM ELAS MAL, QUE NÃO DÃO VALOR, AI ME PERGUNTO, OQUE ELAS QUEREM DE NOIS HOMENS OUVINDO ESSES TIPOS DE MÚSICAS (SE E QUE CHAMO ISSO DE MUSICA LOL), E ALEM DE OUVIR, FICAM AGINDO COMFORME A MÚSICA, A POR FAVOR NÉ, TEM MUITO, MAIS MUITO ESTILO DE MÚSICA POR AI QUE É OTIMO, TEM LETRAS LINDAS E NEM POR ISSO DEIXA DE SER MÚSICA ANIMADA, EXEMPLO: TRANCE MUSIC, TEM OTIMAS LETRAS, QUE VALORIZAM O JEITO DA MULHER, E NEM POR ISSO DEIXA DE SER UM TIPO DE MÚSICA QUE DA PARA “FAZER BARULHO” E ANIMAR UMA FESTA, FUNK E SERTANEJO JA FORAM RITMOS BONS DE SE OUVIR, HOJE EU NEM BUSCO MAIS FONTES MUSICAIS BRASILEIRAS…
    BELO TEXTO…

  36. Fagner Keher Torres Fagner Keher Torres

    falou tudo….

  37. Da nada não nem elas ligam para isso, elas só sabem falar mesmo, tanto cara que da valor para mulher se importa com elas e elas querem isso ai ¬¬

  38. Jenki Jenki

    PUTZ!KKKKKKKKK bem que me avizaram…..qualquer artigo que o cara escreva que nao coloque as mulheres em “Altares de marmore” e logo “machista”.O pior que o cara e foi muito educado,ja vi coisa muito pior falada sobre esse tipo de mulher.

  39. Anônimo Anônimo

    Tú é o CARA Vinícius

  40. Débora V.F. Débora V.F.

    Concordo com a Andy, foi mal aê, mas o texto ta mesmo um tanto machista.. Não sei dizer o q é.. pode ser pq ficou parecendo q a mulher q dança pagodão não presta e a q eh culta e refinada ée… Ai, me poupe! Ninguém é melhor que ninguém não! Isso esta no nosso pensamento coletivo, algo que veio de há muitos anos atrás.. a gente precisa parrar de pensar assim!

  41. falou tudo!! Até que enfim alguém que pensa da mesma forma que eu!!!

  42. spyder spyder

    mto bom otimo texto

  43. Felipe Felipe

    Andy, você achou o texto muito machista e eu achei você uma tremenda de uma babaca.

  44. Não gosto de sertanejo universitário e nada do tipo, mas achei o texto de muito mau gosto e machista!

  45. Lindo blog, excelentes postagens. AMEI!!!
    E, aproveitando a oportunidade, eu lhe peço: acrescente o meu blog no seu.
    http://intimidadeentrecasais.blogspot.com.br

    Ficarei muito feliz.
    O seu blog já está no meu, confira lá no campo: “Apreciem sem moderação”.
    Beijos e obrigada.

  46. Assim como temos “fases” durante nossa vida, acho que isso tudo é apenas uma fase da época em que vivemos, assim como foram as fases doas anos 60, 70, 80… Talvez até demore mais esta fase, mas ainda sim tudo deve mudar e isso vai ficar no passado. Poucos gostarão e lembrarão, e muitos acharão bem antigo e fora de moda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.