Skip to content

Escolha o chocolate [ou o amor]

chocolate1Estava dias desses em uma sala de espera de um médico e na minha cabeça estava ‘passando’ um filme dos últimos acontecimentos de minha vida. Estava justamente pensando em escolhas. Em como estamos o tempo todo escolhendo. Desde coisas corriqueiras como a roupa que vamos usar, o trajeto a seguir nas ruas, o que vai comer até se mudamos ou não de um emprego ou de uma cidade.

Em uma das revistas que estava lendo um texto chamou a minha atenção: Escolha o chocolate (Seleções Readers). Eu estava neste momento pensando em meu atual namorado e nos ciclos que passamos quando estamos em um relacionamento mais sério: do amor ao ódio e do ódio ao amor (e outros sentimentos). Sabe aquele momento em que você pesa o quanto de bom e de ruim tem na relação? E até que ponto vale a pena estar com a pessoa?

“Escolher chocolate” é muito parecido com uma cerimônia de confirmação. É dizer ao mundo que você fez determinada escolha e que continua escolhendo a mesma coisa com alegria. O segredo de “escolher chocolate” é saber com clareza se conseguimos ou não conviver com algo. A indecisão é péssima, e a melhor maneira de sair do sofrimento é reexaminar o que nos levou a fazer a escolha inicial. Esse é um modo útil de identificar se algo mudou – e o que foi.”

Foi então que ‘lembrei’ dos motivos que me fizeram apaixonar pelo meu namorado e foi aí que eu escolhi o chocolate. É, esperar uma consulta também pode ser um momento de reflexão (nem preciso fazer terapia) hehehehehe.

One Comment

  1. Também tenho tido muitos pensamentos sobre a minha vida isso sempre acontece comigo perto do meu aniversário.

    Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.