Cheiro natural da mulher aumenta níveis de testosterona do homem


Saiu na Revista Galileu uma pesquisa que afirma: O nível de testosterona aumenta quando o homem sente o cheiro de uma mulher em período fértil.

Os pesquisadores: “Selecionaram quatro voluntárias, entre 18 e 19 anos, que não usavam contraceptivos e com ciclo menstrual regular. Cada uma delas vestiu uma camiseta por três dias, em diferentes períodos do ciclo menstrual. Essas camisetas e outras que nunca haviam sido usadas, foram levadas para serem cheiradas por 37 homens, entre 18 e 23 anos.”

Qual a conclusão da pesquisa?

“Depois de sentir o cheiro de cada camiseta, os níveis do hormônio testosterona de cada homem foram medidos. E o estudo mostrou que neste aspecto estamos muito próximos dos animais: aqueles que cheiraram as roupas de mulheres em período fértil tinham níveis muito mais elevados de testosterona do que os que sentiram o odor de camisetas limpas ou de mulheres fora do período de ovulação.”

Então perfume é só mais um produto de consumo? O que agrada mesmo é nosso ‘cheiro natural’?

Li outro texto interessante que afirma: “Outra das modificações humanas foi a perda de sentidos aguçados, como, por exemplo, o olfato. As mulheres, quando estavam em seu período fértil, liberavam um odor específico que os homens podiam sentir. Porém, algumas mulheres, se sentiam assediadas por alguns homens e passaram a camuflar seu odor natural, utilizando ervas e outras plantas em seu corpo, assim, os homens, como não se utilizavam mais desse sentido, perderam essa precisão. Hoje ainda existem resquícios, pois, algumas vezes, quando uma mulher mexe ou balança os cabelos, que junto com as mãos são pontos do feromônio, os homens, inconscientemente sentem uma presença, que, antes, se fazia mais forte.”

Confesso: eu adoro o  cheiro (do  homem) que fica na roupa e nos lençóis…