As 4 doenças psicossomáticas mais comuns e como combatê-las

O corpo e a mente andam juntos e um corpo são, geralmente tem uma mente sã…porém nem sempre isso é uma realidade.

As doenças psicossomáticas são um exemplo de como a mente pode produzir doenças inexistentes em um corpo saudável.

As doenças psicossomáticas podem deixar pessoas saudáveis totalmente paralisadas diante de um mal que não existe e levá-la a um estado de obsessão que pode ser perigoso.

Veja as 4 doenças psicossomáticas mais comuns e como combatê-las na mente para um corpo e mente realmente saudáveis.

O Que São As Doenças Psicossomáticas?

Dores que começam sem causa aparente, sintomas que parecem com uma doença grave e a certeza de estar sofrendo de algo muito sério.

Esses são alguns dos sintomas que pessoas com doenças psicossomáticas sentem.

As doenças psicossomáticas começam na mente, ou seja, a causa é psicológica e não física.

Mas como essas doenças aparecem?

Em geral, problemas como traumas do passado, depressão e ansiedade generalizada e excesso de trabalho, podem ser fatores que desencadeiam crises psicossomáticas.

Onde a pessoa sente algo e acredita estar doente, mas nenhum exame laboratorial ou de imagem comprova a patologia.

Depois de fazer as baterias de exames e não encontrar nenhum problema real com a saúde, os médicos estabelecem que o tratamento deva ser feito com um psicólogo e psiquiatra.

Assim faz com que o tratamento de ordem emocional seja feito e a pessoa alcance a cura.

As Doenças Psicossomáticas Mais Comuns

Enxaqueca

Sim, a enxaqueca é considerada uma dor psicossomática, já que não é encontrado uma causa aparente.

Principalmente quando feitos exames que não atestem qualquer tipo de tumor ou outra irregularidade.

A Enxaqueca acontece com dores de cabeça pulsátil e constante, que pode deixar a pessoa incapacitada de fazer suas atividades cotidianas.

Além disso, ela pode levar horas e até dias para passar por completo, sento tolerante ao uso de analgésicos comuns.

Diarreia

Pessoas que tem episódios de diarréias constantes sem uma causa assegurada por exames, desenvolveram uma doença psicossomática que afeta o intestino.

Por isso, se todos os exames atestam o intestino saudável, é hora de fazer um tratamento psicológico para controlar e até curar as crises de diarréia.

Alergia

Outra doença psicossomática que pode ser fatal é a alergia nervosa.

Desse modo, a pessoa sente uma alergia sem causa e os sintomas tomam todo corpo.

Sendo que em alguns casos, a pessoa pode sentir até choque anafilático, tamanho o nervosismo do momento e da alergia.

A doença se caracteriza por uma alergia como outra qualquer, com coceira, prurido, irritação local e erupções cutâneas, porém sem causa atestada por exames.

Resfriado

É comum nas baixas de temperatura e mudanças de estação, termos um resfriado de leve.

O problema é quando ele se torna algo rotineiro, a ponto da pessoa nunca se curar e parecer que existem outros problemas envolvidos.

Mas o resfriado psicossomático é diferente do resfriado comum.

Pois os exames não encontram baixa na imunidade e nenhum vestígio de vírus que possa causar o mal.

Doenças Psicossomáticas X Estresse

O estresse é de longe o maior causador de doenças no mundo.

Praticamente todas as doenças psicossomáticas, tem sua base no estresse.

Nesse caso, o terapeuta e psiquiatra irão prescrever medicamentos e uma série de tratamentos para melhorar os níveis de estresse na vida do paciente.

Assim é possível tratar com mais facilidade suas doenças psicossomáticas.

Entenda Mais Sobre Doenças Psicossomáticas

Para estudantes de medicina e áreas da saúde, entender não só como acontecem as doenças físicas mas também as psicossomáticas, é algo cada vez mais necessário.

Com o aumento da depressão no mundo, as doenças que começam na mente, devem ter atenção.

Desse modo, fazer um curso online grátis de psicossomática é a chave para compreender essas doenças e tratá-las com sucesso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.