Skip to content

Os impactos da nutrição funcional no organismo

Não é segredo para ninguém que nutricionistas tem como foco a saúde coletiva. E que buscam o estabelecimento de recomendações, as quais, se seguidas melhorarão o estado de saúde como um todo. A tarefa desses profissionais é fazer uma divisão do nosso corpo, e procurar soluções para o que estiver desequilibrado. 

Mas ultimamente o termo “funcional” têm invadido nosso vocabulário. Como estamos falando de nutrição, com certeza você já ouviu falar da ‘nutrição funcional’, que nada mais é quando o profissional dá mais atenção ao paciente, entendendo os sinais e sintomas do seu organismo para poder dar um diagnóstico mais completo.

Dessa forma, ele consegue corrigir os desequilíbrios nutricionais do nosso corpo evitando que futuramente alguns problemas crônicos possam se manifestar. Obesidade, depressão, fibromialgia, artrite reumatoide, síndrome do pânico, osteoporose e diabetes são alguns problemas que podem surgir. Mudar a alimentação é o primeiro passo que vai te ajudar a equilibrar sua vida mesmo com a correria do dia a dia.

Para você entender direitinho, selecionei cinco princípios básicos da nutrição funcional. Confira:

1 – Individualidade bioquímica: O tratamento é feito com base em uma análise dos genes e os aspectos bioquímicos do corpo do paciente, por isso a nutrição funcional é algo tão único e exclusivo.

2 – Tratamento centrado no paciente: Como falado várias vezes ao longo do texto, o paciente é o principal foco. No primeiro momento, não será a doença ou qualquer outro problema que irá guiar a consulta. Primeiro você é escaneado de cima a baixo, para depois identificar o que está acontecendo de certo e errado.

3 – Equilíbrio nutricional e biodisponibilidade de nutrientes: O corpo humano precisa de nutrientes para funcionar, mas nem sempre há um equilíbrio. Por isso o profissional vai buscar identificar o que está faltando ou sobrando no seu corpo.

4 – Interelações com fatores fisiológicos: O nome é complicado, mas o conceito é bem simples. Tudo está interligado dentro do nosso corpo!  E os nutrientes interagem uns com os outros também, o que pode causar desordem em nosso organismo. 

5 – Saúde como vitalidade positiva: Ter uma vida saudável não significa somente você não ter nenhuma doença, é ter qualidade de vida! E o nutricionista funcional é quem pode garantir isso! Analisando também seu lado emocional, além do biológico.

Cuidar da saúde nunca é demais não é mesmo? E entender como funciona nosso corpo para buscar o equilíbrio é uma busca que vale a pena!

Afinal, quais são os alimentos funcionais? 

Cesto de alimentos

  • Peixes brancos e frango (o consumo de carne vermelha é reduzido)
  • Vegetais e legumes de preferência orgânicos
  • Banana, maça, abacate
  • Arroz integral
  •  Beringela
  •  Chia
  •  Amêndoa
  • Aveia
  • Batata doce
  •  Inhame
  • Mandioca salsa
  •  Aipim

Não busque dietas que prometam milagres!

Pela internet é muito fácil encontrarmos várias dietas que se dizem funcionais. Porém, é muito importante não seguir esse tipo de dica, pois somente o nutricionista vai saber te passar o cardápio ideal.

One Comment

  1. nós nunca importamos com nossa alimentação isso é impressionante

    Hiago tonha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.