As pessoas só gostam do que não tem?


Hoje uma amiga compartilhou uma foto no facebook que diz que se deve ser frio com as pessoas, e que elas gostam do que não tem. Pra mim isso é um fato, as pessoas, pelo menos a grande maioria delas, só dão valor quando perdem as pessoas ou quando as pessoas se afastam delas.

Não importa o quanto você faça tudo que a pessoa quer, o quanto corra atrás o sentimento não importa, a única coisa que importa é o que a pessoa pensa, ou seja, se ela não está nem aí pra você não há nada que faça mudar, nem palavras, nem atitudes. Cada um tem seu modo de agir e pensar, a pessoa nasce com isso, e não nada nem ninguém tem o poder de tentar mudá-la, por mais que tente, e também a pessoa se esforce ela não muda.

Como hoje em dia todo mundo só pensa em si, os relacionamentos não duram, não importa o sentimento que um tenha pelo outro, ninguém aceita os defeitos, e ninguém muda, então o que rola é que tudo começa e acaba em um piscar de olhos.

Em um relacionamento sempre um gosta mais que o outro, fato real meus caros, então o que gosta mais sempre sofre, chora, e no final das contas pensa que se não foi não era pra ser e acaba por se afastar do love da life dele, aí em alguns casos, na maioria dos relacionamentos que eu vejo hoje pra dizer a verdade, acontece uma coisa que é inexplicável:

Depois que você se afasta, começa a viver sua vida, você automaticamente muda com a pessoa, não se importa mais com ela, aí ela vê que perdeu e muda de ideia e quer te dar valor, quer que você volte, mas por que não valorizou quando teve? Tem que se esperar perder pra ver que gosta? Isso é um fato que sinceramente me deixa indignado, as pessoas são realmente deprimentes quando querem.

perfeito

Colunista de Hoje

Neto – Lindo, só que não. Tenho 23 anos, paulista. Formado em TI e trabalho na área e adoro tecnologia, pratico muay thai e faço academia. Gosto muito de sair, ir pra balada, me divirto muito com meus amigos! Gosto de falar sobre tudo um pouco, desde relacionamentos até esportes e música, e tamo aí na atividade pra ver o que rola nessa infinita highway. Facebook: Alcides Mendes Neto